NOSSO BLOG

Como Escolher o Terno Perfeito

VOCÊ SABE ESCOLHER UM TERNO CORRETAMENTE? SABE QUAIS DETALHES VOCÊ DEVE OBSERVAR?

Não importa se você é um cara que trabalha em escritório e precisa usar roupa social ou se você é do tipo que simplesmente gosta de se vestir bem, o terno é fundamental para a construção do seu visual. Pensando nisso, vamos dar aqui umas dicas para você que ainda não achou o terno perfeito.

 

Qual é a cara do terno atual? O primeiro passo importante é esse: identificar um terno moderno. O que faz o terno parecer contemporâneo? Qual será o segredo? Será que o segredo está nos aviamentos, na elegância dos detalhes? Claro. Mas, olhe um pouco mais de perto, e veja o que NÃO está lá. O terno atual não tem grandes dobras ou pregas, não tem listras fortes, nem quatro botões. Ao invés disso, ele é simples, prático e parece que foi feito para você.

Mais do que nunca, é tudo sobre CAIMENTO. Vamos começar pela parte superior:

Como Saber Se o Caimento de Um Terno Está Correto

Como Saber Se o Caimento de Um Terno Está Correto

 

Antigamente, as dicas de como comprar um terno corretamente passavam de pai para filho, infelizmente essa é uma tradição que foi se perdendo e hoje muita gente erra (e feio) na hora de comprar ou ajustar um terno, mas existem dicas básicas e simples que, se seguidas à risca, podem ajudá-lo nesse momento crucial.

Na imagem abaixo é possível ver o caimento e as medidas ideais para um terno perfeito e a relação com as dicas dadas.

Terno masculino com medidas perfeitas1 – No provador

a – Não seja preguiçoso  – não dá para avaliar um costume usando uma camiseta ou camisa pólo, peça ao vendedor uma camisa, mesmo que não vá comprá-la. O mesmo vale para tênis, troque-os por sapatos;

b – Paletó correto  – Os ternos de hoje são bem certos no corpo, portanto tecido em excesso é um mal sinal. É possível notar se o terno está grande ou mal cortado pelas costas, onde ele deve estar liso e livre de dobras, ou nas mangas muito largas, ou ainda na barriga, com grandes sobras;

c – Para seu tipo de corpo – o ideal é que o terno seja levemente acinturado, esse formato, além de deixá-lo mais elegante alongará sua silhueta e aumentará os ombros, já os modelos mais retosbeneficiam quem tem uns quilinhos a mais;

d – Dois ou três botões? – considero o modelo de três botões melhor para quem está acima do peso, pois chama atenção para o rosto e a gravata, desviando o olhar da barriga, já o de dois botões praticamente cria uma seta direto para o abdômen, então, se este for o escolhido, é melhor que esteja com tudo em cima;

e – Ombros – não pode sobrar nem faltar! No primeiro caso fica um côncavo entre a ombreira e a parte de cima do braço, no segundo caso, o tecido repuxa e acaba com o caimento. O ideal é que fique confortável sem sobrar, como na foto ao lado;

f – Colarinho – o colarinho do paletó é sempre um pouquinho menor que o da camisa, mesmo que algum espertinho te diga o contrário, repare que a camisa dá acabamento na parte de trás, cria harmonia e, de quebra, faz parecer que você é mais alto.

2 – Na hora de ajustar

a – Barras – na frente tem que encostar no cadarço do sapato, sobrando um pouco de tecido e atrás deve chegar ao início do salto, ou seja, menor na frente e maior na parte de trás, aquela barra reta que muita gente faz está errada e prejudica o caimento da calça;

b – Mangas – assim como o colarinho, deve deixar à mostra mais ou menos meio centímetro da camisa. Para saber o lugar correto use o pulso como medida, é nele que termina a camisa;

c – Ajustes laterais – depois de muito provar não encontrou um terno que não sobrasse na barriga? Isso pode ser corrigido com ajustes laterais.